Jejum intermitente e Perda de Peso

Jejum Intermitente
Jejum Intermitente

30 Novembro 2020 | Nutrição

30 Novembro 2020 | Nutrição

Ultimamente o interesse por uma alternativa chamada “jejum intermitente” tem aumentado. O jejum em dias alternados é caracterizado por um período de 24 horas de restrição de energia intensa (75%) e um período de 24 horas sem restrição ou leve excedente de energia.

A restrição intermitente de energia é utilizada por forma a controlar o peso em indivíduos com excesso de peso e obesos. Apesar de que esta restrição intermitente de energia também é realizada por indivíduos cujo peso é normal, na esperança de que esta restrição em energia, otimize a sua saúde.

Vários são os estudos realizados em indivíduos com excesso de peso e obesos e, que concluem que a restrição de energia intermitente é igual à restrição contínua para perda de peso, apesar de que os indivíduos com restrição de energia intermitente obtiveram maiores reduções na gordura corporal e redução na resistência à insulina.

De um modo geral, a restrição intermitente de energética parece prevenir doenças relacionadas à idade, retarda o declínio funcional relacionado ao envelhecimento e aumenta a qualidade de vida, no entanto, estes benefícios decorrentes da perda de peso, são apoiados por um século de pesquisas laboratoriais em roedores. Não descurando que os benefícios anteriormente descritos são também benéficos com a perda de peso através da restrição energética diária.

Embora a restrição energética seja a dieta mais frequentemente utilizada para facilitar a perda de peso, e sendo que nesta a restrição deve ser limitada todos os dias, por norma adesão apresenta dificuldades.

Tanto quando parece, os resultados de vários estudos indicam que o jejum em dias alternados pode ser uma estratégia eficaz para o processo de perda de peso, no entanto estes estudos mostram que a perda de peso parece ocorrer devido à mudança no padrão das refeições com restrição calórica em 25% das necessidades no dia de jejum.

Por conseguinte, os indivíduos começam a habituar-se ao jejum intermitente e passam a sentir muito pouca fome no dia de jejum. Neste sentido, resultados de análise de registos alimentares revelaram que indivíduos obesos conseguiram conscientemente limitar a ingestão de energia em aproximadamente 25% das necessidades no dia de jejum e, nos dias de alimentação a proporção de energia consumida não diferiu da energia consumida no dia de jejum.

Relativamente à atividade física, uma hipótese é que os indivíduos no dia de jejum poderiam sentir-se menos energéticos do que nos dias de alimentação e, portanto, menos ativos fisicamente. Em contrapartida, o nível de atividade física não diferiu entre os dias de jejum e os dias de alimentação.

Acabe com o papel no seu Ginásio! Form Check OnVirtualGym

Inove o seu modo de Reservas! Form Check OnVirtualGym

Otimize a produtividade da sua Equipa! Form Check OnVirtualGym

Simplifique o Acompanhamento Nutricional! Form Check OnVirtualGym

Aumente a Taxa de Retenção! Form Check OnVirtualGym

Form Check OnVirtualGym Acabe com o papel no seu Ginásio!

Form Check OnVirtualGym Inove o seu modo de Reservas!

Form Check OnVirtualGym Otimize a produtividade da sua Equipa!

Form Check OnVirtualGym Simplifique o Acompanhamento Nutricional!

Form Check OnVirtualGym Aumente a Taxa de Retenção!

Form Check OnVirtualGym Acabe com o papel no seu Ginásio!

Form Check OnVirtualGym Inove o seu modo de Reservas!

Form Check OnVirtualGym Otimize a produtividade da sua Equipa!

Form Check OnVirtualGym Simplifique o Acompanhamento Nutricional!

Form Check OnVirtualGym Aumente a Taxa de Retenção!

Conclusão

Em resumo, o jejum em dias alternados pode ser uma estratégia para perda de peso viável para indivíduos com sobrepeso e obesos que desejam perder uma quantidade de peso moderada (5-6Kg) em um período relativamente curto (12 semanas).

Ainda mais, os indivíduos obesos adaptam-se rapidamente ao jejum em dias alternados. Alterações na ingestão de energia, nível de fome e manutenção da atividade física desempenham um papel importante nas taxas de perda de peso induzidos por esta dieta.

Assim o jejum intermitente representa uma opção válida, embora aparentemente não superior, à restrição energética contínua para perda de peso.