É necessário desintoxicar o corpo com as dietas de desintoxicação (detox)?

Desintoxicação Detox
Desintoxicação Detox

14 Dezembro 2020 | Nutrição

14 Dezembro 2020 | Nutrição

As dietas de desintoxicação parecem ser ocasionalmente perigosas uma vez que não são apoiadas por evidências científicas ou mecanismos toxicológicos.

Muitos dos programas comerciais de desintoxicação afirmam que este processo é capaz de eliminar substâncias nocivas que se acumulam no organismo, geralmente pela realização de dietas altamente restritivas. É de salientar que estes programas na sua maior parte nem apresentam uma definição coerente para “desintoxicação”.

O organismo humano através dos órgãos: fígado, rins, pulmões e outros órgãos trabalham sistematicamente para eliminar todas as substâncias tóxicas. O fígado transforma substâncias nocivas em substâncias benignas que são excretadas na urina pelos rins ou pelas fezes.

Sabe-se que uma dieta rica em proteínas, vegetais e frutas fornecem ao corpo humano os nutrientes necessários para que os órgãos atrás mencionados desempenhem as suas funções na forma ideal.

É possível, que quando um individuo se sinta um pouco mais lento ou decida procurar auxílio para iniciar um estilo de vida mais saudável, se depare com uma série de programas de desintoxicação ou de limpeza com promessas aliciantes de que será a solução ideal para o seu problema, prometendo estes maior vitalidade.

Por conseguinte, a grande maioria dos programas de desintoxicação são ambíguos, uma vez que quase nenhum programa foi avaliado quanto à segurança ou eficácia da sua utilização. O Centro Nacional de Saúde Complementar e Integrativa afirma com conclusões apoiadas sobre casos de danos renais e insuficiência hepática, causados por uma limpeza com vitamina verde por beber muito “Chá desintoxicante” que, “não há nenhuma evidência convincente de que os programas de desintoxicação ou limpeza realmente removam toxinas do seu corpo ou melhoram a sua saúde”. Acabam também por alertar que “alguns dos produtos e procedimentos usados nos programas de desintoxicação ou limpeza podem ser prejudiciais à saúde”.

A Agência de Substâncias Tóxicas e Registo de Doenças do Centro para Controle e Prevenção de Doenças define desintoxicação como “o processo de remoção de um veneno ou uma toxina”.
Então torna-se necessário desintoxicar o corpo quando o envenenamento ocorre através da ingestão de álcool ou drogas, somente sob supervisão médica e não como as empresas de desintoxicação a vendem.

Um tipo de desintoxicação médica padrão é a toma de carvão ativado, para evitar que os produtos químicos ingeridos sejam absorvidos do intestino para a corrente sanguínea, ou seja, o carvão liga os produtos químicos permitindo que estes sejam eliminados.

Uma desvantagem da toma de carvão ativado é que este não faz a diferenciação entre amigos e inimigos, este liga-se a vitaminas e minerais essenciais bem como aos produtos químicos. É de notar que o carvão ativado só faz a ligação dos produtos químicos que se encontrem no trato intestinal, este efeito exclui todos aqueles químicos que possivelmente já foram absorvidos pela corrente sanguínea.

A evidência atual sugere que alguns compostos em alimentos vegetais podem regular positivamente o processo de desintoxicação do fígado e a atividade antioxidante, compostos esses presentes em vegetais.

A fibra pode aumentar a desintoxicação de forma direta e indireta. Diretamente, ao se ligar à bílis e às toxinas associadas, facilitando a sua excreção. Indiretamente, ao alimentar as bactérias no trato digestivo, algumas das quais produzem ácidos gordos de cadeia curta e metabólitos que atuam no fígado e rins para aumentar a sua capacidade de excretar substâncias tóxicas.

Parece que os benefícios (perda de peso e melhorias relacionadas à saúde) de curto prazo associados às dietas detox, são atribuídos principalmente à restrição calórica e aos efeitos placebo, não aos efeitos especiais da desintoxicação. Por sua vez, existe um estudo de desintoxicação comercial sem restrição calórica que concluiu que o tratamento não apresentou resultados sobre nada.

As dietas detox espalham-se de boca em boca rapidamente devido à perda rápida de peso consequência da restrição calórica, com a remoção de alimentos problemáticos, mas se esta perda de peso sempre significasse perda de gordura, seria ótimo!

A perda de peso de curto prazo através de restrição calórica com dietas detox seriam uma solução, mas a maior parte do que se perde é glicogénio e água, que voltam rapidamente quando são retomados os hábitos alimentares anteriores. Isto explica porque parece que as dietas detox funcionam!

Acabe com o papel no seu Ginásio! Form Check OnVirtualGym

Inove o seu modo de Reservas! Form Check OnVirtualGym

Otimize a produtividade da sua Equipa! Form Check OnVirtualGym

Simplifique o Acompanhamento Nutricional! Form Check OnVirtualGym

Aumente a Taxa de Retenção! Form Check OnVirtualGym

Form Check OnVirtualGym Acabe com o papel no seu Ginásio!

Form Check OnVirtualGym Inove o seu modo de Reservas!

Form Check OnVirtualGym Otimize a produtividade da sua Equipa!

Form Check OnVirtualGym Simplifique o Acompanhamento Nutricional!

Form Check OnVirtualGym Aumente a Taxa de Retenção!

Form Check OnVirtualGym Acabe com o papel no seu Ginásio!

Form Check OnVirtualGym Inove o seu modo de Reservas!

Form Check OnVirtualGym Otimize a produtividade da sua Equipa!

Form Check OnVirtualGym Simplifique o Acompanhamento Nutricional!

Form Check OnVirtualGym Aumente a Taxa de Retenção!

Conclusão

Resumidamente, os produtos vendidos ao público com o efeito de desintoxicação não funcionam. Dado que a maioria dos seus benefícios, notavelmente uma perda de peso rápida de curto prazo pode ser atribuída à drástica redução calórica, não à desintoxicação.

Por fim, a melhor solução é eliminar alimentos problemáticos que causem desconforto e realizando uma dieta saudável, variada e equilibrada, constituída por proteínas de alta qualidade, frutas, vegetais e hidratos de carbono nas quantidades recomendadas para as necessidades energéticas totais individuais.